Importante: Suporte: como entrar em contato ou pedir ajuda »

VPS+ – servidores virtuais mais rápidos, mais estáveis e mais baratos

| 16 de Maio de 2009

A Via Hospedagem, como todos sabem, atua especificamente no ramo de hospedagens compartilhadas. Isso quer dizer que nós fornecemos planos de hospedagem onde as contas dos usuários compartilham de um mesmo servidor para funcionar. Entretanto, quando acontece de algum possível cliente nos procurar para um projeto maior, um site ou blog com visitação mais alta e que demandem processamento individual, ou mesmo quando um projeto já cliente da empresa precisa expandir em termos de recursos ora citados, temos algumas alternativas que são os servidores virtuais privados, ou VPS (virtual private server).

xen-server

Quem fornece estes VPS é a Porto Fácil, empresa parceira da Via (que inclusive nasceu da Porto), há algum tempo. Isso foi possível graças à tecnologia Xen, que “popularizou” esta modalidade de hospedagem até então inviável e desvantajosa para o cliente e tornou a Porto Fácil líder no segmento no Brasil. Pra conferir o que eu falo, basta comparar a tabela de preços e características dos servidores VPS com a concorrência, e você notará, logo de cara, que quase nenhum outro serviço oferece VPS com 1gb de memória RAM por menos de duzentos reais, ou sequer oferecem um servidor poderoso com o VPS04, equipado com incríveis 4GB.

E o que era bom (e eu comprovo, porque meu blog pessoal roda num desses VPSs) ficou melhor. E o que mais vai surpreender: mais barato. Tudo isso porque além do Xen, a tecnologia Nginx estará presente agora nos servidores otimizando o consumo de CPU e memória, fazendo com que estes não requisitem tantos recursos do Node (o servidor que divide uma máquina em VPSs), ora sendo possível explorar muito mais uma máquina fazendo os custos para mantê-la caírem.

Desta forma, se seu projeto não cabe numa hospedagem compartilhada da Via e você acha muito caro um servidor dedicado inteiro para ele, recomendo que você olhe o que o Janio e a Porto Fácil tem a oferecer, clicando aqui.

Créditos da imagem

Deixe seu comentário: