Importante: Suporte: como entrar em contato ou pedir ajuda »

Como fazer backup do seu WordPress no Dropbox

| 07 de julho de 2015

Existem três pilares para o bom funcionamento de um WordPress: backup, segurança e manutenção.

Por mais que o backup possa entrar na categoria manutenção, onde eu geralmente coloco a atualização do próprio CMS e seus agregados (plugins, templates etc.) e performance, backup é uma entidade que o quanto antes for assimilada sua importância e colocada em prática como uma rotina normal não só pro WordPress mas pra qualquer software que você utilize na VIDA, menos problemas você deve enfrentar ao longo da sua caminhada para qualquer lugar na Internet.

Falando assim parece um pouco filosófico e um trecho de um livro de auto-ajuda, mas não deixa de ser mesmo. Backup é importante, backup é importante, backup é importante… se você tiver ouvidos para ouvir, olhos para ler, que ouça e que leia, repita aos quatro ventos isso como um mantra até ficar bem fixado na sua memória.

Fazer backup já foi mais chato. Antigamente você precisava abrir um programa de FTP, copiar as pastas para o seu HD, exportar uma cópia do banco de dados num sistema engessado e depois duplicar esta cópia em mídias alternativas (disquete, CD, DVD, pendrive, o quanto evoluam).

Hoje não é mais, explico: além do cPanel, nosso painel de controle, oferecer uma excelente forma de copiar tudo o que há numa conta de hospedagem para ser guardado fora da nuvem, agora o WordPress conta com plugins que se conectam com o Dropbox. Se você esteve numa caverna alheio ao mundo digital nos últimos meses, Dropbox é uma espécie de disco virtual que começa gratuito (até 5GB você não paga nada) que é instalável em praticamente qualquer sistema operacional que exista. Você pode guardar arquivos pelo computador e lê-los no celular, tablet, notebook, geladeira, bateira orbital e tudo o mais que englobe a “Internet das coisas”.

Salvar uma cópia do que é importante dentro do seu WordPress no Dropbox é fácil e vou te ensinar.

dropbox-plugin-instalacao

Antes de mais nada, até até o menu Plugins, clique em Adicionar Novo e em seguida busque pela palavra Dropbox. O resultado que queremos é esse da foto acima, WordPress to Dropbox. É só notar que é o mais baixado e usado pelos usuários do sistema, no momento (julho de 2015) com mais de 100.000 instalações ativas. Instale e ative.

dropbox-linkando-conta

Agora basta configurarmos: Vá até o menu WPB2D. Lá você vai encontrar a primeira tarefa: autorizar o WordPress a linkar-se automaticamente com o Dropbox. Ter uma conta neste serviço é essencial, já estar com o aplicativo instalado no seu computador e com o serviço logado no browser ajuda bastante.

Serviço autorizado, seguimos em frente!

dropbox-configuracoes

As primeiras configurações versam sobre, basicamente, o diretório dentro do seu disco virtual no Dropbox a serem salvos os arquivos do WordPress (eu escolhi viahospedagem, e por questões de organização sugiro que você não deixe isso em branco, embora possa se quiser); O dia e a hora que o backup será feito (tanto faz, vai do seu gosto); e com que frequência ele será feito. Uma vez por semana é suficiente, mas se você cria postagens todos os dias pode ser diariamente se preferir. Até porque este backup é incremental, ou seja, não gera cópias quase idênticas a cada operação, ele vai incrementando arquivos novos e atualizados/editados no mesmo backup.

dropbox-selecionar-diretorios

O próximo passo é escolher quais diretórios e arquivos irão para o backup. Você pode escolher todos? Pode. É necessário? não!

Note que a grande parte dos arquivos que você não pode perder em um WordPress “normal” estão na pasta wp-content/. Lá ficam os diretórios uploads/ (onde o WordPress salva as imagens do menu Mídia), o themes/ (os seus templates) e a última que não necessita explicação, plugins/.

Digo WordPress “normal” porque se seu WordPress não foi modificado na estrutura de diretórios nem tem personalizações de arquivos do core, tudo o que for importante estará dentro do wp-content. Se você fez personalizações na estrutura ou no core provavelmente não necessita dessa explicação, mais provável ainda que não esteja lendo este texto.

Recomendo, então, selecionar todas as pastas (lembre-se que selecionamos a que ficarão de fora do backup e não as que queremos que o plugin copie no Dropbox) menos a wp-content e clicamos em Salvar mudanças.

dropbox-star-backup

No final da configuração recomendo que você faça um teste. Vá até o menu WPB2D novamente e no submenu Backup Monitor e clique em Start Backup pra ver a mágica acontecendo.

dropbox-baloes-aviso-backup-acontecendo

Se tudo der certo, e você seguiu meu conselho de instalar o aplicativo do Dropbox no seu computador, em instantes as janelinhas de aviso do Dropbox começarão a pipocar na sua tela.

IMPORTANTE: não importa quais diretórios você selecione nas configurações acima, seu banco de dados (um arquivo com extensão .sql) estará sempre salvo dentro de wp-content/backup/, mesmo não tendo este diretório selecionado. Então fique tranquilo, o banco de dados vai na marra junto.

Espero que mais esta dica tenha ajudado e se você, cliente ou leitor, queira sugerir algum tema a ser abordado no nosso blog, é só usar os comentários! 😉

Deixe seu comentário:

  • Gibran Belasques Costa

    Daniel, show de bola o artigo, parabéns!
    Me diga uma coisa, caso eu precise restaurar esse WP como faço?

    E se for pra restaurar em outro servidor, como faço tb? ou seja dá para usar esse backup para uma migração de servidor?

  • Daniel Becher

    Oi Gibran, obrigado! 🙂

    Pra restaurar você instala uma versão zerada do WordPress, restaura a pasta wp-content/ nele (a versão zerada vem vazia, evidentemente) e depois restaura também o banco de dados via PHPMySQL.

    Isso vale pra qualquer servidor (desde que ele seja compatível com WordPress, claro).

  • lufreitas

    Boua São Becher. amei o texto e já comecei a espalhar. 🙂

  • Coach Hudson Amorim

    no meu blog ele parou o backup que fiz de teste, parece que deu um erro fatal, porque isso aconteceu?