Importante: Suporte: como entrar em contato ou pedir ajuda »

Backup – pra que serve e como fazer

| 03 de junho de 2011

Volta e meia postamos aqui no blog alguma coisa referente a atualizações e backups. E se insistimos nessa tecla é porque é muito importante ficarmos sempre atentos às atualizações de segurança que surgem nos sistemas que usamos em nossos sites e blogs, e nas cópias de segurança que fazemos periodicamente para garantir que, num possível problema, não percamos nossos dados.

Temos hoje aqui na Via uma estrutura de backups que fazemos para casos de sinistro e muitos clientes já experimentaram a agilidade em que conseguimos recuperar dados que foram deletados por engano, por instalações ou atualizações defeituosas ou até mesmo problemas técnicos com os servidores – infelizmente estamos sujeito aos equipamentos eletrônicos que podem falhar.

Entretanto é sempre interessante salientar para os clientes que é deles a responsabilidade pelas cópias de segurança (previsto nos Termos de Serviço), embora sempre façamos cópias periódicas. Num caso onde os arquivos estejam comprometidos e são copiados já com defeito, pouco ajudaria num caso extremo, por exemplo, e o único recurso seria um backup mais atual do cliente.

Então é muito importante que você preste atenção e escolha sua peridiocidade para uma cópia de segurança não só dos arquivos existentes no seu espaço em disco (FTP), mas também do banco de dados.

Existem basicamente duas formas de fazer o backup:

1. Automaticamente pelo cPanel (recomendada)

Basta você acessar http://seudominio.com/cpanel, com login e senha, e procurar no menu Arquivos o ítem BACKUP.

Clique em “Fazer Download ou Gerar um backup completo do seu Website“.

Nessa tela, basta você escolher onde deseja armazenar o arquivo de backup (no formato seulogin.tar.gz) e escolher um endereço de e-mail para que ele avise quando estiver pronto e você possa baixá-lo, nesta mesma tela.

2. Manualmente via FTP e PHPMyAdmin

Neste caso, o primeiro passo é conectar-se via FTP na sua conta de hospedagem e baixar para o seu computador todo o conteúdo do diretório public_html (ou www, que é um atalho).

Para uma cópia dos seus bancos de dados e suas tabelas MySQL, acesse o cPanel (http://seudominio.com/cpanel) com login e senha e procure o ítem PHPMyAdmin. Selecione o banco de dados que quer salvar e clique em “Exportar“. No final da exportação, ele oferecerá o download do arquivo.

IMPORTANTE: quando você faz um backup automático, o arquivo fica na raíz da sua hospedagem e não dentro de public_html. É importante, após o download para o seu computador, a remoção do arquivo via FTP para que ele não compromete seu espaço em disco e não seja replicado nos futuros backups que fizer.

Deixe seu comentário:

  • Matheus

    Opa Daniel, belo artigo, parabens!
    Pra restaurar esse backup completo como fazemos depois? Abraço cara.

  • Eduardo Baldan

    Salve Salve, Becher.

    Tocou em um ponto muito importante. Uma responsabilidade que na maioria das vezes se encontra em um vácuo ético entre uma hospedagem, seja virtual ou não, e a pessoa que se hospeda ou hospeda algo.

    Fiz uma reflexão bem filosófica, e muito possivelmente desnecessária em torno do post.
    É fato que, dentro dos termos de serviço, o procedimento de backup é deixado por conta responsabilidade do cliente. Assim como um estacionamento que diz algo como “Não somos responsáveis por qualquer objeto deixado num veículo.

    Por um outro lado, no mundo ideal (que existe em alguns lugares), em uma hospedagem onde eu me sentiria confortável à ponto de deixar a porta destrancada, muito possivelmente, ao dar falta de algum objeto, ou mesmo ter esquecido por lá, teria plena confiança de que ao retornar eu teria o objeto de volta, ou, na pior das alternativas fariam o máximo possível para encontrá-lo. Comportamento esse que você, em sua ética, pratica e, imagino, que de bom grado. Obviamente fará o possível para que isso não volte a ocorrer futuramente, que é justa e evidentemente o propósito dessa postagem.

    Quem serve (provê), o faz por gostar de fazê-lo, por ter tomado isso como missão, e sempre busca fazer da melhor forma possível. Para mim, isso compactua perfeitamente com a maneira que vejo a VIA prestar seus serviços.

    Quem é servido de algo, sente-se melhor ao ser servido com conforto, conforto esse que é criado naturalmente pela vontade dos que servem. E automaticamente, quando se serve bem, se sente melhor. Claro, quando não há um desequilíbrio de forças.

    Partindo para uma questão mais prática, guiado a causa que motivou o post, penso se não existe uma maneira automática (via cpanel, ou não…) de efetuar backups periódicos sem a necessidade do processo manual. Ou seja, sem trabalho permanente para a VIA e para seus clientes.

    No caso do WordPress, instalei um plugin chamado EZ Backup. Provavelmente você o conheça, já que ando tão desconectado dessas minúcias da tecnologia. Nele é possível agendar backups gerais, dados e arquivos, com a possibilidade de definição da periodicidade através do CRON.
    O aspecto negativo é que os arquivos são salvos(comprimidos) em uma pasta direto no próprio servidor. Ou seja, caso haja alguma falha no disco, a fonte será perdida. Por um outro lado, caso seja algum arquivo sobreescrito, banco de dados perdido, etc., já serve muito bem.
    O melhor seria ter algo que salvasse na nuvem, de repente jogando para uma pasta do dropbox. (Claro, em larga escala isso se complica).
    De qualquer modo, o que é inviável é o cliente fazer o backup manual todos os dias, ou seja lá qual for a necessidade cronológica.

    Espero que o comentário seja útil, e que entenda que o aspecto de crítica está apenas no sentindo construtivo, entendendo que essa construção não é responsabilidade só de quem presta serviço.

    Abraço!

  • Pingback: Conheça nosso exclusivo Backup Instantâneo | PortoFácil()

  • Daniel Becher

    O feito pelo cPanel basta enviar para o e-mail do suporte 🙂

  • Daniel Becher

    Oi Edu,
    como vai?

    Então, numa hospedagem ideal existe toda uma estrutura de backup que funciona como uma retaguarda do cliente. Na Via, inclusive, isso existe, como expliquei no post. Mas pode acontecer de falhar, por isso pedimos que o backup seja feito pelo cliente. E os termos de serviço é onde isso fica declarado para fins legais.

    Abraço!

  • Super simples de fazer o backup, vou criar o hábito de fazer uma vez a cada 15 dias, o que acha?

  • Querido, e aquele plugin pra WorPress que faz o backup automaticamente, o velho WordPress Database Backup? Não é suficiente?

  • Daniel Becher

    É uma boa 🙂

  • Oi Daniel,

    Vou ver se consigo fazer, sei que posso. 🙂
    Gostei de saber que tbm é catarinense, tbm sou, sou de Rio do Sul, sou paranaense de coração.

    abraços

  • Pingback: O quê? Você não faz backup de seu blog? | Sturm und Drang!()

  • Pingback: WordPress 3.8: por quê e como atualizar o sistema do seu blog : Via Hospedagem()

  • Muito ótimo !! Momentos atraz não sabia para quer servia tanto o backup me enformei e agora já sei pra quer tanto serve simples e fácil faser um backup.